Um acordo entre o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e os proprietários do Cine Teatro Brasil resultará na restauração do prédio histórico localizado no centro de Visconde do Rio Branco, cidade da Zona da Mata. O Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), proposto pela Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Cultural, prevê a adoção de medidas para a recuperação e a preservação do imóvel.

No acordo, os proprietários do edifício comprometem-se a apresentar, até o final de outubro deste ano, projeto de restauração ao Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Visconde do Rio Branco, para análise e aprovação. Após a aprovação do projeto, eles têm prazo de um ano para executar a restauração da fachada e de três anos para concluir a revitalização do prédio. No documento, eles obrigam-se ainda a não demolir ou mutilar o imóvel e a, concluída a reforma, mantê-lo em bom estado de conservação.

Inaugurado em 1915, o Cine Teatro Brasil, além de exibir filmes, foi palco de peças de teatro e apresentações musicais. O prédio era usado também para palestras, reuniões, festivais de música, programas de auditório da Rádio Cultura Rio Branco e solenidades oficiais da cidade. Atualmente, o imóvel, tombado como patrimônio histórico, abriga estabelecimentos comerciais.