Resultado de seminário internacional que aconteceu no MHN no mês de junho, o documento estabelece 14 recomendações para se evitar ou reduzir o risco de incêndio em instituições de patrimônio. Traduzido em três idiomas (português, espanhol e inglês), abarca desde a adoção de procedimentos adequados de preservação e segurança, prevenção, preparação para emergências, como também o uso de novas tecnologias e a necessidade de incremento legal, com legislação e políticas mais eficazes.

Declaração do Rio de Janeiro