Primeira edição será realizada na cidade histórica mineira de São João del-Rei

Em Minas Gerais, é grande o número de bens culturais inventariados, especialmente pelos municípios, em razão do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços – ICMS de patrimônio cultural, que estimula esta forma de acautelamento. No entanto, há muitas dúvidas a respeito da elaboração e dos efeitos do inventário, resultando na desinformação e na ocorrência de equívocos que não garantem a preservação desses bens culturais. Muitos profissionais que atuam na área da gestão do patrimônio cultural buscam esclarecimentos.

É partindo desse gancho que o Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Minas Gerais – CAU/MG, por meio de sua Comissão de Patrimônio Cultural – CPC-CAU/MG, vai promover a primeira edição do seminário que visa apresentar as formas de preservação e gestão de bens culturais inventariados e como geri-los.

Será um dia de palestras, debates e apresentações de casos sobre o patrimônio cultural inventariado, bem como apresentar o CAU/MG como um agente da preservação do patrimônio cultural de Minas Gerais, além de valorizar a arquitetura e o urbanismo. O evento será aberto a todos e as inscrições são gratuitas, com disponibilidade mediante lotação do espaço.


Atualização do Post: Fotos do evento

 

Este slideshow necessita de JavaScript.