Em busca do patrimônio perdido

Exposição apresenta imagens e informações de peças sacras desaparecidas

Minas Gerais tem o maior número de bens culturais protegidos e de cidades turísticas reconhecidas em todo o nosso país. De seus sítios históricos, três são declarados pela Unesco como patrimônio cultural da humanidade: o Santuário de Bom Jesus de Matosinhos, em Congonhas, a cidade de Ouro Preto e o Centro Histórico de Diamantina.

O tamanho e a importância do patrimônio cultural e turístico de Minas Gerais dão a dimensão da responsabilidade que, por imperativo constitucional, o Poder Público e a própria sociedade devem ter na conservação e promoção desse valioso patrimônio. Por isso, a relevância da atuação do Ministério Público na defesa desses bens, como guardião dos direitos da coletividade, entre eles a proteção dos bens e direitos de valor artístico, estético, histórico, turístico e paisagístico.

Estima-se que sessenta por cento do patrimônio cultural constituído de bens móveis sacros do estado de Minas Gerais tenham sido deslocados de seus locais de origem. Embora não seja de conhecimento comum, a subtração de peças sacras movimenta um comércio ilegal altamente rentável e o prejuízo para o patrimônio cultural é incalculável. O comércio clandestino de bens culturais só está atrás, em volume de dinheiro movimentado, do tráfico de drogas e de armas, segundo estatística da Unesco. As peças desaparecidas podem estar em qualquer lugar: antiquários, residências particulares, à venda em leilões ilegais e até mesmo pela internet.
Por isso, a preocupação com a prevenção de subtrações deve ser permanente. Numa iniciativa que visa a recuperação de bens sacros subtraídos dos seus locais de origem, o Ministério Público de Minas Gerais apresenta a exposição Em busca do patrimônio perdido, uma ação de significativa relevância para a preservação do patrimônio cultural mineiro. Ao lançar o olhar sobre estas peças, realiza-se também uma campanha educativa, alertando sobre as principais ameaças a que estes bens estão submetidos e apresentando medidas a serem tomadas para prevenção de danos.


Painéis da Exposição