Estação de Lobo Leite2016-11-23T12:33:01+00:00
[two_fifth last=”no” spacing=”yes” center_content=”no” hide_on_mobile=”no” background_color=”” background_image=”” background_repeat=”no-repeat” background_position=”left top” hover_type=”none” link=”” border_position=”all” border_size=”0px” border_color=”” border_style=”” padding=”” margin_top=”” margin_bottom=”” animation_type=”” animation_direction=”” animation_speed=”0.1″ animation_offset=”” class=”” id=””]

Estação ferroviária de Lobo Leite

A Estação Ferroviária de Lobo Leite está situada no distrito de mesmo nome, no município de Congonhas. Foi inaugurada no ano de 1886 com o nome de Soledade. Como os demais imóveis ferroviários, a estação se encontrava abandonada e em péssimo estado de conservação, o que motivou acordo com o Município de Congonhas, na data de 01º de dezembro de 2009, visando à recuperação do bem e seu uso para fins socioculturais.
Participaram do acordo, além do Ministério Público Estadual, o Ministério Público Federal, IPHAN e SPU.
As obrigações foram cumpridas e, no dia 12 de abril de 2013, foi entregue à população totalmente restaurada. Hoje, o imóvel abriga um telecentro e uma sala multiuso para atividades culturais da comunidade. Como a estação ferroviária permaneceu fechada por décadas, seu estado de conservação, quando da assinatura do acordo era deplorável e corria risco de arruinar-se definitivamente.

Após a restauração, o imóvel revigorou a paisagem do Distrito de Lobo Leite e o inseriu na vida da comunidade, que passou
a usufruir o espaço para atividades socioculturais.

[/two_fifth][three_fifth last=”yes” spacing=”yes” center_content=”no” hide_on_mobile=”no” background_color=”” background_image=”” background_repeat=”no-repeat” background_position=”left top” hover_type=”none” link=”” border_position=”all” border_size=”0px” border_color=”” border_style=”” padding=”” margin_top=”” margin_bottom=”” animation_type=”” animation_direction=”” animation_speed=”0.1″ animation_offset=”” class=”” id=””][images picture_size=”auto” hover_type=”none” autoplay=”no” columns=”1″ column_spacing=”13″ scroll_items=”” show_nav=”yes” mouse_scroll=”no” border=”yes” lightbox=”yes” class=”” id=””][image link=”” linktarget=”_self” image=”http://patrimoniocultural.blog.br/wp-content/uploads/2016/08/Lobo-Leite-restaurada.jpg” alt=””][image link=”” linktarget=”_self” image=”http://patrimoniocultural.blog.br/wp-content/uploads/2016/08/Lobo-Leite-restaurada2.jpg” alt=””][image link=”” linktarget=”_self” image=”http://patrimoniocultural.blog.br/wp-content/uploads/2016/08/Lobo-Leite-antes.jpg” alt=””][image link=”” linktarget=”_self” image=”http://patrimoniocultural.blog.br/wp-content/uploads/2016/08/Lobo-Leite-interna.jpg” alt=””][/images][/three_fifth]