Chácara do Passa-Dez, Jardim Botânico
Ouro Preto

O Jardim Botânico situa-se em um bairro denominado Passa-Dez de Cima, Ouro preto, MG, sendo criado pela coroa portuguesa e inaugurado em 2 de setembro de 1825. Tinha por determinação real, o objetivo de cultivar espécies nativas e exóticas, como a amoreira, para a criação de bicho-da-seda e o chá-da-índia. Na década de 1840 há registros de que o Jardim Botânico ainda estava em funcionamento, com plantações de chá. O Jardim Botânico contava com uma sede administrativa, toda construída de Pedras, com ampla varanda na frente, salas enormes, quartos espaçosos e outras dependências, que recebeu governadores da capitania e presidentes da Província, que repousavam no local.

No final do século XIX, o Jardim Botânico apresentava-se em decadência, transformado em paiol e refugio de lazarentos, por estar situado distante da cidade. Hoje, ainda restam ruínas do antigo Jardim Botânico de Vila Rica, tendo essa região um grande contexto histórico-cultural. Além disso, essa área possui um grande potencial ambiental, por estar circundada de unidades de conservação (UC), em especial a APA Estadual Cachoeira das Andorinhas e Estação Ecológica do Tripuí.

Fonte: Departamento de Meio Ambiente da Fundação Gorceix – Estudos técnicos para criação da Unidade de Conservação Monumento Natural Jardim Botânico