Sobrado de Domingos de Abreu Vieira, Berilo

A edificação, denominada “Casarão do Inconfidente Domingos de Abreu Vieira” – também conhecido popularmente como “Sobrado Velho” ou “Sobrado Abreu Vieira”, situa-se à margem direita do rio Araçuaí, na Rua do Porto, 204.
O sobrado, de partido retangular, resolve-se em dois pavimentos distribuídos de acordo com os programas de uso misto dado à maioria dos sobrados na segunda metade do século XVIII. Assim sendo, mostra certa transição entre a tipologia de edificações rurais e as edificações urbanas nas quais a implantação era feita no alinhamento da via e acrescentava-se um cômodo de comércio. A ascendência rural evidencia-se em função de suas varandas nas três fachadas, ao mesmo tempo em que mostra a tipologia mista de comércio e residência.
De acordo com depoimentos de alguns pesquisadores presume-se que o Inconfidente Domingos de Abreu Vieira, um dos personagens da Inconfidência Mineira, foi quem mandou construir a edificação.

Sabe-se que em 1789 o sobrado foi sequestrado ao Inconfidente Domingos de Abreu Vieira pelas autoridades portuguesas. Após esta data só se tem notícias através do naturalista francês Auguste de Saint-Hilaire, quando no ano de 1817 hospedou-se no antigo arraial de Água Suja e deixou o seguinte registro:

“Fui alojado em uma bela casa que pertencia ao juiz de fora de Vila do Fanado; e da varanda dessa casa podia descortinar perfeitamente a encantadora posição do povoado.”
Pela descrição feita pelo naturalista francês é provável que se tratasse da casa que pertencera ao Inconfidente Domingos de Abreu Vieira.
Ao longo do tempo a edificação pertenceu a diversos proprietários, sendo alguns desses registros encontrados na Comarca de Minas Novas.

Fonte:  www. iepha.mg.gov.br